Receba nosso conteúdo por E-mail!!

Receba nosso conteúdo por E-mail!!

TAP REDUZ FRANQUIA DE BAGAGEM PARA O BRASIL.

#Medida acompanha as recentes mudanças promovidas pela Anac.


A companhia aérea portuguesa TAP alterou as suas normas para franquia de bagagem para voos para o Brasil. A medida entrará em vigor no dia 1º de setembro, quando os passageiros da classe econômica poderão despachar apenas uma peça de até 23 quilos, em vez dos 32 quilos estipulados anteriormente. A medida acompanha as recentes mudanças promovidas pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), estabelecendo novas regras para o setor desde Março deste ano.

Nos voos operados pela companhia aérea portuguesa com origem no Brasil e os destinos à Europa e ao Oriente Médio, o peso máximo da mala a ser despachada passa a ser de 23 quilos e com dimensão máxima de 158 centímetros (somadas a altura, o comprimento e a largura). Já o número de peças a que o passageiro terá direito a transportar no porão da companhia dependerá da tarifa escolhida, do destino de viagem ou do estatuto do programa de fidelidade da companhia, intitulado “Victoria”. Em alguns casos, apenas a bagagem de mão é permitida.

Quem escolher a tarifa Discount, por exemplo, só terá direito a levar bagagem de mão: uma peça de 8 quilos no máximo e um item pessoal com até dois quilos. Em uma pesquisa no site da companhia, a tarifa Discount para o voo até a capital lusitana Lisboa em meados de setembro, é oferecida por 4,5 mil. Mas se o passageiro escolher a tarifa Basic, o valor sobe para 4,7 mil reais, podendo embarcar com a franquia de uma peça de bagagem a ser despachada até 23 quilos.

Optando pela menor tarifa, o passageiro pode ainda pagar o custo adicional para despachar a sua mala: 45 euros na pré-compra, 80 euros no check-in ou 175 euros no portão de embarque.

Operando, em média, cerca de 2,5 mil voos por semana, a TAP Portugal – fundada em 1945 – dispõe de uma frota de 80 aeronaves, a maioria delas fabricadas pela francesa Airbus.

Concorrência: Já em pesquisa nos sites das concorrentes Iberia, British Airways e Alitalia, os voos para Roma (Itália) e Madri (Espanha) permanecem com franquia de duas peças de bagagem de até 32 quilos. Na Latam, por sua vez, a franquia de bagagem passou a ser de uma peça de bagagem de até 23 quilos em voos para a América do Sul, duas peças de até 23 quilos em voos para América do Norte e Europa.

A Gol cobra 10 dólares por peça de bagagem despachada em voos internacionais (se negociada no autoatendimento ou em agências de viagens), ao passo que a Azul disponibiliza franquia de duas peças de até 23 quilos em voos à Europa e uma peça (até 23 quilos) para destinos na América do Sul.
Mudanças da ANAC interfere em companhias internacionais
Filipe Severo
Filipe Severo

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Os conteúdos publicados neste blog são de total responsabilidade do Informativo Blog.

GALERIA DE VÍDEOS