Receba nosso conteúdo por E-mail!!

Receba nosso conteúdo por E-mail!!

PRIMEIRO CAMPEONATO DE FUTEBOL GAY REÚNE 500 PESSOAS EM SÃO PAULO.

#Futebol da diversidade contou com 4 times amadores em quadra.


Ocorreu no Sábado, 29, a Primeira Taça Hornet de Futebol da Diversidade disputada apenas por times de futebol composto por gays e lésbicas. O evento, que reuniu 500 pessoas, aconteceu no clube social, Playball, localizado na Zona Oeste de São Paulo.

A disputa possui três juízes profissionais e juntou quatro times de três estados; o Futeboys e o Unicorns Brazil, de SP; o Bees Cats, do Rio, e o Capivara Futebol Clube, do Paraná, possui as mesmas regras do futebol realizado por hétero, porém, de forma mais profissional. Cada partida foi realizada por 20 minutos sendo disputada por 7 jogadores de cada time. O torneio foi das 15h às 19h.

André Fischer, jogador de futebol, conta que há 22 clubes no Brasil onde apenas LGBTs são permitidos. “Eu já conhecia os meninos do Bees Cats e os do Unicorns Futebol Clube, e eles chamaram o pessoal do Futeboys e do Capivara. Depois que fechamos o evento e postamos na rede, outros oito times LGBT nos procuraram querendo participar. E descobri que existem 22 em todo o Brasil. O Meninos Bons de Bola, de São Paulo, é composto só por homens trans (nomenclatura utilizada em referência a quem nasceu mulher e mudou de gênero)”.

Para o juiz da partida de futebol, Lucimeire Figueiredo, 47 anos, destaca que a educação é a principal diferença entre as partidas LGBTs e héteros. “o respeito entre as equipes, entre os gays, é muito maior” destacou Figueiredo.
Galã da prtida; foi alvacionado pela torcida

Arbitragem do campeonato de futebol gay

Times de futebol aceitam apenas gays
Filipe Severo
Filipe Severo

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Os conteúdos publicados neste blog são de total responsabilidade do Informativo Blog.

GALERIA DE VÍDEOS