Receba nosso conteúdo por E-mail!!

Receba nosso conteúdo por E-mail!!

PARADA LGBT DO RIO É MARCADO PARA OUTUBRO COM TRÊS MESES DE ATRASO E SEM VERBA.

#Parada LGBT do Rio de Janeiro não terá verba do governo.


A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual do Rio de Janeiro (CEDS) anunciou na última Quinta-Feira, 27, que a 17ª Parada LGBT do Rio de Janeiro está marcada para acontecer no próximo dia 15 de Outubro, Domingo. O evento, segundo maior encontro da diversidade do mundo, será realizado com três meses de atraso devido a cortes de verbas.

Grupo Arco-Íris, organizador da Parada em Copacabana, não tem verbas para contratação de artistas para shows e performances em trios elétricos, além da montagem da estrutura tradicional. O governo do Rio de Janeiro cortou verbas e o evento não pode acontecer em Junho, mês do Orgulho LGBT.

Para o diretor sócio-cultural do grupo, Julio Moreira, a Parada LGBT deve acontecer com ou sem dinheiro. “Tendo recurso ou não tendo recurso, a gente vai botar o bloco na rua. Em formato mesmo de manifestação, a gente vai seguir com o nosso público lá. Agora, se a gente não tiver recurso, não vai ter estrutura como a dos últimos anos, com trio elétrico, artista, mas a gente vai manter a manifestação até como forma de protesto contra o não investimento do Poder Público na parada” destacou.

A Parada LGBT de Copacabana foi autorizada pela prefeitura no ano passado a captar recursos privados de apoiadores, que abatem o patrocínio de parte do valor devido ao Imposto Sobre Serviço (ISS). O município disponibilizou cerca de R$ 57 milhões em renúncia fiscal para todos os projetos deste ano.

Entre os incentivadores que estão em negociação com a parada carioca estão patrocinadores da Parada LGBT de São Paulo, a maior do país, mas os acordos ainda não estão garantidos. Ao menos R$ 500 mil são necessários para que a Parada de Copacabana ocorra nos moldes dos últimos anos, pois, mesmo que cantores e bandas abram mão do cachê, é preciso custear a estrutura de trios elétricos, som e segurança do evento.
LGBT do Rio é marcado e evento deve acontecer sem verba
Filipe Severo
Filipe Severo

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Os conteúdos publicados neste blog são de total responsabilidade do Informativo Blog.

GALERIA DE VÍDEOS