Receba o nosso conteúdo por E-mail.

Receba o nosso conteúdo por E-mail.

ATAQUE CONTRA À SÍRIA CAUSA MANIFESTO DE PAÍSES ALIADOS AOS EUA.

#Ataque contra à Síria dividiu opiniões de nações ao redor do mundo.


O ataque norte-americano na noite dessa Quinta-Feira, 06, por volta das 21:42, (hora Brasília), 03:42 Síria, causou manifesto de autoridades ao redor do mundo. Países aliados à Rússia e a Síria foram contra o ataque de mísseis do exercito americano. Países contra a guerra civil na Síria apoiaram a invasão americana.

Irã: De acordo com a agência de notícias, ‘ISNA’, o Irá condenou o ataque americano. “O Irã condena veementemente tais ataques unilaterais. Tais medidas fortalecerão os terroristas na Síria e complicarão a situação na Síria e na região”, afirmou Bahram Qasemi, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores.

Reino Unido: A Inglaterra destacou que apoia o ataque norte-americano à Síria. “O governo do Reino Unido apoia totalmente a ação dos EUA que acreditamos ser uma resposta adequada ao ataque de armas químicas lançadas pelo regime sírio e pretende assim impedir novos ataques” disse um porta-voz do governo.

Austrália: O primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, afirmou que os Estados Unidos enviaram uma mensagem importante de que o mundo não irá tolerar o uso de armas químicas. “A resposta foi proporcional. Apoiamos os Estados Unidos nessa rápida ação” disse Turnbull.

Indonésia: A Indonésia, lar da maior população muçulmana do mundo, disse que também condenou fortemente o uso de armas químicas na Síria. “Ao mesmo tempo, a Indonésia está preocupada com ações unilaterais de qualquer parte, incluindo o uso de mísseis Tomahawk, em resposta à tragédia de armas químicas na Síria", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Armanatha Nasir, em uma mensagem de texto.

A Arábia Saudita apoiou a operação militar americana na Síria. “O regime sírio é responsável por esses ataques militares”, informa comunicado oficial do ministério de Relações Exteriores. O governo saudita qualificou como “valente” a decisão de Trump, diante da “abstenção” da comunidade internacional em impor limites ao governo de Bashar al-Assad.

Ataque deixou ao menos 9 mortos na Síria
Filipe Severo
Filipe Severo

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Os conteúdos publicados neste blog são de total responsabilidade do Informativo Blog.

GALERIA DE VÍDEOS