Receba o nosso conteúdo por E-mail.

Receba o nosso conteúdo por E-mail.

MUSEU DO AMANHÃ VENCE PRÊMIO INTERNACIONAL DE CANNES.

#Museu desbancou construções da Alemanha e Reino Unido.


O ‘Museu do Amanhã’, localizado na Zona Portuária do Rio de Janeiro, ganhou o prêmio internacional Mipim (Mercado Internacional dos Profissionais Imobiliários), que aconteceu na noite dessa Quinta-Feira, 16, em Cannes, na França. O país concorreu com edificações do Reino Unido, da Suécia e da Alemanha na categoria, “Construção Verde mais Inovadora”.

O diretor-geral do museu, Ricardo Piquet, destacou que: “todos os quesitos da sustentabilidade e a relação com o tema propriamente dito, a relação do museu com o meio, com o entorno, com a própria Baía de Guanabara. Esses compromissos serão mais percebidos”.

Hugo Barreto, secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, instituição responsável pela concepção do ‘Museu do Amanhã’ destacou que: “arquitetura e conteúdo, localização no espaço urbano e integração com meio ambiente, tudo neste museu converge para um despertar de consciência sobre como as escolhas feitas hoje, por cada um de nós, impactam em um amanhã comum”.

O 'Prêmio Mipim' foi criado em 1991. A competição seleciona os mais notáveis projetos já construídos ou em fase de construção em todo o mundo.

No ano passado, o 'Museu do Amanhã' obteve o Selo Ouro da certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design - Liderança em Energia e Projeto Ambiental, em português), concedida pelo Green Building Council, principal instituição americana na chancela de edificações verdes. Foi o primeiro museu brasileiro a obter este reconhecimento no segundo mais alto nível de classificação.
'Museu do Amanhã' ganha prêmio Internacional de Cannes
Filipe Severo
Filipe Severo

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Os conteúdos publicados neste blog são de total responsabilidade do Informativo Blog.

GALERIA DE VÍDEOS